ACNE ADULTA

A acne adulta é aquela que ocorre após os 20 anos de idade. Ela pode persistir desde a adolescência até a vida adulta ou pode aparecer subitamente nesta faixa etária. É observada de 54% das mulheres e 40% dos homens. Dentre os fatores que contribuem para o seu surgimento, podemos citar as alterações hormonais, uso de cosméticos, determinados medicamentos, tipo de trabalho, além da genética. As pessoas que tiveram acne durante a adolescência são mais propensas a ter acne na fase adulta e neste caso chama-se de acne persistente. Neste tipo de acne há predomínio de lesões inflamatórias (aquelas vermelhas) e estas são as responsáveis pelas cicatrizes e manchas escuras.

O tratamento pode ser por via tópica ou oral. Este tratamento é diferente daquele visto em adolescentes, pois neste caso a pele tende a ser um pouco mais seca e sensível. Podem ser utilizados antibióticos orais, isotretinoina oral, terapia hormonal, isto é, usamos medicamentos que irão bloquear a ação dos androgênios (são hormônios que estimulam a produção de sebo). Para uso tópico, podemos usar sabonetes específicos, produtos a base de peróxido de benzóila, ácido retinóico, ácido salicílico e antibióticos tópicos.

A higiene da pele deve remover as crostas, o suor e o excesso de gordura sem irritar ou ressecar. Ela deve ser feita 2 vezes ao dia (manhã e noite). O excesso de lavagens gera um efeito rebote, ou seja, a pele mais ressecada irá produzir mais óleo para tentar compensar o ressecamento.

A escolha inadequada de determinados produtos de beleza pode piorar o quadro de acne, pois produtos muito oleosos irão ocluir a pele e provocar a formação de “cravos” e induzir uma reação inflamatória por produtos químicos que podem irritar as glândulas sebáceas. Neste caso, chamamos de “acne cosmética”. Ao comprar produtos de beleza e maquiagens, devemos observar em seu rótulo as seguintes palavras: r “oil-free”ou não comedogênico ou gel ou gel-creme.

O estresse também pode gerar aumento da oleosidade da pele e, com isso, induzir o aparecimento de acne. Isto ocorre, pois as nossas glândulas sebáceas possuem receptores para neurotransmissores (são substâncias liberadas pelo nosso organismo em situações de estresse). Logo, em situações de estresse, por haver um aumento na liberação destas substâncias, haverá uma estímulo dessas glândulas que produzirão maior quantidade de lipídeos sebáceos (aumento da oleosidade), favorecendo a obstrução dos poros e criando um terreno favorável ao crescimento do Propionibacterium acnes que ocasionará a acne.

Em relação à alimentação, os estudos tem mostrado que o leite é um alimento que pode piorar a acne, pois nele há moléculas bioativas (incluindo andrógenos e outros hormônios esteroides) e também por ele promover aumento dos níveis plasmáticos de IGF-1. Isso tudo, favorece o surgimento de acne, não só a adulta, mas todos os tipos.

 

 

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *